cuidados e dicas de conservação: lavando as roupas

4 de novembro de 2014

Agora que nós já conhecemos os tecidos, os caimentos e também já conversamos sobre consumo consciente, vamos conversar sobre cuidados e dicas para a conservação das nossas tão queridas roupas?

O zelo independe do preço que pagamos pela peça. Esse cuidado, além de ser um carinho na nossa autoestima, é uma forma respeitosa de valorizarmos nossa imagem, que é a maneira que o outro nos percebe.

Esse cuidado começa antes mesmo de comprarmos a roupa: sempre que possível, analise costuras, botões, fios puxados, buraquinhos e manchas. Será que vale a pena investir dinheiro numa peça que já aparenta ter um problema desses?

Para iniciarmos a série de textos sobre cuidados e dicas de conservação, vou falar sobre a lavagem das roupas.

Fiz uma pesquisa sobre algumas dicas de manutenção e encontrei algumas sugestões bem legais:

(*) SEMPRE siga as instruções que estão na etiqueta. Ela indica qual temperatura ideal para a peça ser lavada, se ela pode ser centrifugada, se ela deve ser lavada à mão, etc…

(*) Algumas fontes sugerem não ser uma boa ideia lavar as roupas na água quente porque a temperatura da água influencia diretamente na fibra do tecido e, em alguns casos, pode até encolher a peça.

(*) Depois de separar as roupas entre claras, escuras e coloridas, vale fazer uma pré-inspeção: alguma peça está manchada? Se sim, as manchas podem ser removidas com sabão de coco ou pré-detergente (existem ótimos produtos no mercado com essa finalidade!).

(*) Antes de colocar as roupas na máquina: inspecione bolsos, feche botões, desfaça nós e desdobre mangas. No caso de calças jeans escuras, o recomendado é que elas sejam lavadas do avesso, para não desbotarem.

(*) É sempre bom diluir o amaciante em água para que as peças não fiquem manchadas (principalmente as escuras!). Aqui, vai uma opinião pessoal minha: acho que sabão líquido funciona melhor em roupas escuras e sabão em pó trabalha bem em roupas claras.

(*) Peças delicadas devem ser lavadas a mão, de preferência com sabão de coco ou sabão líquido próprio para elas.

(*) Na hora de secar as roupas, uma dica bacana: pendurar as camisas e camisetas em cabides, para que elas não fiquem muito amassadas, facilitando o momento de passa-las.

(*) Para passar as roupas, sempre verifique a temperatura do ferro. Algumas peças possuem restrições, principalmente as feitas de tecido sintético, que podem queimar (lembra que tecido sintético é feito de plástico?). Roupas de tecido natural suportam temperaturas maiores.

(*) Para evitar desgastes nas peças, uma boa sugestão é passar o ferro no avesso das roupas e, ao desvirar, passar o ferro apenas para arrematar o processo.

E você? Tem alguma sugestão ou truque de ouro? Compartilhe conosco usando o campo de comentários! ;-)

Até a próxima,

Júlia